Writesys

IRF pede auditoria para projetos financiados

Até o fim da década de ação das Nações Unidas pela segurança viária 2011-2020, é estimado que o banco mundial e outros grandes doadores terão investido mais de US$100 bilhões em programas de infraestrutura viária, por meio de centenas de projetos individuais, o que representa uma oportunidade considerável de fortalecer práticas de gerenciamento de risco desde o início do projeto.
Em janeiro de 2014, a IRF, International Road Federation (Federação Internacional Rodoviária) enviou uma declaração pedindo medidas de segurança mais rígidas para todos os novos projetos financiados pelos MDBs (Bancos Multilaterais de Desenvolvimento).

As economias emergentes estão renovando e expandindo suas redes de estradas para acomodar as crescentes necessidades comerciais e de mobilidade interna.  Essas novas estradas tem um enorme potencial para estimular o crescimento econômico e elevar padrões de vida.

Medidas de identificação e prevenção de risco, como auditorias de segurança viária feitas desde o início do projeto até os estágios de pré-estreia de estradas novas ou reformadas, oferecem uma ferramenta bem estabelecida e economicamente viável para revisar as características de segurança de projetos viários, como admitiu o World Bank. 

Considerando a agenda de desenvolvimento dos MDBs, sua habilidade de influenciar fundos do setor público e privado, e seus fortes laços com as autoridades nacionais do setor rodoviário, a IRF apoia a introdução obrigatória e financiamento para auditorias de segurança rodoviária ligadas a todos os empréstimos para investimento em rodovias.

As estradas construídas hoje são bens duráveis, com vida útil normalmente de várias décadas, período em que o volume de tráfego é susceptível a evoluir de forma considerável, criando novos riscos de segurança. Como preparo para essas mudanças, as agências rodoviárias têm que garantir que as inspeções de segurança rodoviária são realizadas. 

As agências rodoviárias também devem possuir uma equipe bem treinada com acesso a recursos atualizados de conhecimento para implementar as descobertas dessas inspeções.

A IRF (Federação Rodoviária Internacional) incentiva as agências rodoviárias que estão recebendo os empréstimos dos MDBs (Bancos Multilaterais de Desenvolvimento) a conduzirem um treinamento para determinar imediatamente as necessidades de aperfeiçoamento de cada um, e desenvolver um programa de educação e segurança contínua para sua equipe.

Fonte: worldhighways